Saúde
Fitoterápicos devem chegar à população em outubro

Três medicamentos fitoterápicos devem estar disponíveis à população nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Presidente Prudente em outubro. Isso porque o prazo de licitação para a compra dos remédios foi estendido por conta de alguns trâmites burocráticos.

São cerca de 200 os remédios adquiridos pela Prefeitura. No início de setembro, mais de 180 foram adquiridos durante pregão presencial realizado com cerca de 30 fornecedores. Estes três fitoterápicos fazem parte da lista de oito a base de plantas medicinais recomendados pelo governo federal ao Sistema Único de Saúde (SUS). Eles serão distribuídos nas 21 unidades municipais, entre Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Pronto-Atendimentos (PAs) e Estratégia Saúde da Família (ESFs).


Os fitoterápicos são o Isoflavona-da-soja comprimido 150 mg, para tratamento e alívio de sintomas do climatério - menopausa; o Guaco xarope, para tosses e gripes; e o Unha-de-gato comprimido 100 mg, anti-inflamatório usado nos casos de artrite reumatoide, artrose e como imunoestimulante.

Medicamentos Fitoterápicos


Fitoterápicos são medicamentos feitos de partes de plantas cujos princípios ativos não foram purificados, como chás, extratos e tinturas. Segundo a Anvisa, alguns fitoterápicos podem auxiliar no tratamento de várias doenças.

O uso de fitoterápicos remonta aos tempos ancestrais e seu uso na medicina popular sempre foi bem difundido, porém, hoje em dia, há uma abordagem científica desses medicamentos com estudos clínicos para verificar a eficácia.