Adiamentos e atrasos nos pagamentos são constantes no governo Bugalho

Adiamentos e atrasos nos pagamentos são constantes no governo Bugalho

A atual administração, desde o início da gestão, vem se mostrando mestra em fugir de suas obrigações. Quando o assunto é pagamento de direitos das servidoras e servidores, o assunto fica ainda mais evidente.
Na sessão da câmara desta segunda-feira (27), a vereança de Prudente aprovou o Projeto de Lei (PL) Nº08/20 do Executivo que autoriza a suspensão do repasse da contribuição patronal para o Prudenprev.

Na prática, a prefeitura está autorizada a deixar de pagar a parte que é de sua responsabilidade para a aposentadoria das servidoras e servidores do grupo capitalizado. Apesar de aprovado, a câmara apresentou uma emenda ao PL, que obriga a administração a utilizar o dinheiro diretamente ao pagamento da categoria. Assim, a administração deixa de pagar a contribuição patronal até o fim deste ano.

Exigimos que este dinheiro seja utilizado para quitar as dívidas com as servidoras e servidores.