Nota de repúdio: Governo quer reduzir salários de servidores

Nota de repúdio: Governo quer reduzir salários de servidores

Em tempos de pandemia, onde todas as atenções se voltam para a saúde mundial, servidoras e servidores enfrentam mais um ataque. Agora, a chama PEC Emergencial, que tem o objetivo de implementar novas medidas para controlar a crise financeira que o Brasil enfrenta, propõe reduzir a jornada e os salários do funcionalismo em até 25%. Além disso, a PEC proíbe, aos estados e municípios, o endividamento público para pagar o maior direito de todo trabalhador: o salário.

Aproveitando que o foco agora é o medo da população do novo Coronavírus, o governo busca formas de abrir espaço jurídico para novos cortes em direitos das trabalhadoras e trabalhadores. Uma medida provisória similar, que é ainda mais ofensiva, foi implementada pelo Governo na CLT: suspensão de contratos ou corte de até 50% nos salários. Vale lembrar que, para as servidoras e servidores que são contratados pela CLT, a medida precisa ser implementada por lei municipal específica.

O Sintrapp, como entidade que representa servidoras e servidores, repudia este tipo de medida e propositura que vem, mais uma vez, deixar na mão dos trabalhadores um grande prejuízo. Em tempos de crise, países devem buscar por garantir que haja dinheiro nas mãos da população. Não é reduzindo salários e cortando direitos de trabalhadores que se enfrentará a crise atual.

Vale lembrar que a taxação de grandes fortunas está prevista na Constituição Federal de 1988, mas ela nunca se efetivou por falta de regulamentação. O assunto é delicado porque, a parcela mais rica, que concentra milhões e bilhões nas contas bancárias, tem grande poder político sobre órgãos que deveriam estabelecer o imposto.

4 Comentários

Lígia Martinez Publicado em10:56 am - mar 23, 2020

Porque não diminui daqueles que recebem mais de 3mil reais os da classe inferior como sempre paga não acho correto já ganho pouco ainda vão tirar o que vou receber poxa eu sou serviços gerais trabalho muito e agora mais isso

Zenita soares carreiro Publicado em12:06 pm - mar 23, 2020

Ja nao chega o coronas virus matando

Agora essa de morrermos de fome. Por conta de diminuiçao de salário.

Simone Conceição Pereira Deak Publicado em1:08 pm - mar 23, 2020

Total repúdio à essa PEC

Silvio Publicado em9:45 pm - mar 23, 2020

Se realmente for imprescindível cortar salário, que corte primeiramente de politicos, de cima para baixo: Presidente e ministros, senadores, deputados, prefeitos e secretários , vereadores e toda acessoria, assim não haverá necessidade de mais uma vez sacrificar o trabalhador brasileiro.