Conquista: PL sobre novo piso dos Agentes de Prudente deve ser votado no dia 1º

Conquista: PL sobre novo piso dos Agentes de Prudente deve ser votado no dia 1ºReuniões com prefeito e Sesau aconteceram no início da semana | Foto: cedida

Na manhã desta terça-feira (19), o sindicato e uma comissão composta por Agentes Comunitários de Saúde (ACS), de Controle de Endemias (ACE) e de Controle de Zoonoses (ACZ) se reuniram com representantes da administração. O objetivo da conversa foi o de cobrar o cumprimento do novo Piso Nacional dos Agentes, que atualmente está fixado em valor correspondente a dois salários mínimos.

A conversa aconteceu em dois momentos e locais distintos. A primeira reunião ocorreu na sede da Secretaria de Saúde (Sesau), com os representantes da administração da secretaria. Logo após a reunião na Sesau, a comissão foi até o paço municipal, onde o prefeito Ed Thomas estava fazendo o atendimento à população. Aproveitando que o gabinete foi “transferido” temporariamente para o térreo da prefeitura, a comissão de servidoras, servidores e sindicato também conversou com o chefe do executivo municipal. A presidenta do Sintrapp, Luciana Telles, conta que “nas duas ocasiões o sindicato apresentou documentos que comprovam que a prefeitura já recebeu o repasse necessário para o pagamento do novo piso”. A administração informou, na quarta-feira (21), que foi elaborada uma proposta de minuta a ser encaminhada como Projeto de Lei (PL) para votação na Câmara de Vereadores já no próximo dia 1º de agosto. A presidenta do sindicato ressalta a importância da participação de todas e todos os ACE, ACS e ACS durante a sessão em que deve ser apreciado e votado o referido PL. Ainda conforme informações da administração, o pagamento será feito na folha de pagamento do mês de agosto, sendo retroativo ao mês de maio.


Comissão esteve na prefeitura e conversou com secretário de administração e com o prefeito | Foto: Cedida

Membro da comissão que participou das duas conversas na terça-feira, o ACE Rafael dos Santos Leão conta que a reivindicação, quando atendida, servirá como uma forma de valorização para todas e todos os ACE, ACS E ACZ pelo serviço que é prestado. “Estamos na atenção primária em saúde, tanto no combate à dengue e outras endemias, quanto na linha de frente da pandemia de Covid-19”. O servidor ainda reforça que, assim como a grande parte da categoria, os serviços continuaram sendo prestados pelos agentes durante a pandemia, dada a grande importância das atividades desenvolvidas. “A correção nos salários é muito aguardada por todas e todos porque melhorará nossa vida e a vida de nossos familiares”, conclui.