Prefeitura demite comissionados e contrata novamente

Prefeitura demite comissionados e contrata novamente

O decreto nº29.568/2019 divulgou medidas de corte de gastos com a folha de pagamento. Uma dessas medidas seria a demissão de pessoal em cargos de confiança. Logo depois das exonerações, que foram bem menores do que o divulgado, o que se pode acompanhar pelo diário oficial foi uma série de recontratações para os cargos. Existem casos até em que o comissionado foi demitido e recontratado, em seguida, para o mesmo cargo! Parece até brincadeira, mas não é. Isso faz com que as medidas, que deveriam ajudar com a contenção dos gastos com pessoal, não tenha efeito. A administração alega que sofre com a diminuição na arrecadação mas toma medidas que não parecem ajudar, efetivamente, a solucionar o problema. Aos servidores efetivos, resta o corte e suspensão de direitos. Enquanto aos comissionados, por onde foram feitas alianças políticas, há grande abertura e até parece que não existe a tão falada crise financeira no município. Os servidores efetivos têm sofrido com a falta de compromisso da atual gestão e com a desvalorização que ela promove.