Servidores (as) elaboram proposta alternativa com relação ao Piso do Magistério

Servidores (as) elaboram proposta alternativa com relação ao Piso do Magistério

Na tarde da quarta-feira (15), o sindicato encaminhou via ofício – para a Administração prudentina e para a Câmara Municipal – uma proposta elaborada por servidores e servidores do Quadro do Magistério. A proposta, que foi construída coletivamente e editada no formato de um Projeto de Lei, tem o objetivo de “corrigir a defasagem salarial das tabelas do QM que existe desde 2020”. Cabe ainda informar que a mesma proposta também foi enviada ao Ministério Público do Trabalho (MPT) e também à Secretaria de Educação (Seduc).

No documento, que foi devidamente compartilhado e apreciado pelas servidoras e servidores interessados, fica sugerida a concessão de 15% de acréscimo aos salários-base a título de atualização na remuneração. Além disso – e considerando que o Piso Nacional do Magistério para 2022 foi reajustado em 33% -, a proposta ainda sugere que seja estabelecida uma complementação salarial provisória para todas e todos que, mesmo com a atualização de 15%, continuem com a remuneração inferior ao Piso Nacional. Tal complementação deverá integrar a base de cálculo de todas as vantagens pecuniárias e encargos.