Sintrapp e servidores da Referência 01 se reúnem com prefeito de Prudente

Sintrapp e servidores da Referência 01 se reúnem com prefeito de Prudente

Com o objetivo de tratar das reivindicações da Referência 01, que foram levantadas em reuniões com as servidoras e servidores, o sindicato e uma comissão participaram de uma reunião com a administração na manhã de hoje (18).

Apontada como uma das principiais reivindicações, o debate sobre a remuneração dos cargos lotados na menor referência foi um dos pontos destacados na reunião. As servidoras e servidores reivindicam valorização nos salários destas funções. A presidenta do Sintrapp, Luciana Telles, destacou que a reivindicação é  antiga, porém, se atendida, representaria “um avanço na história da prefeitura de Presidente Prudente, no processo de valorização aos servidores essenciais e que que ganham  menos”.

Já a diretora do Sintrapp, Sônia Auxiliadora, acrescentou que esta referência, conforme previsto no Estatuto do Servidor (LC 05/1991), já recebeu, no mínimo, valor igual a dois salários mínimos. Porém, hoje o valor representa pouco mais de um salário mínimo, o que demonstra a defasagem salarial e a necessidade da reestruturação.

A segunda reivindicação era sobre a implantação de um processo de remoção, para que as servidoras e servidores possam ter a possibilidade de escolha de um local de trabalho que seja próximo à sua casa ou de fácil acesso, o que facilitaria a vida das trabalhadoras e trabalhadores e geraria economia e qualidade de vida. Sobre a solicitação, a administração se comprometeu a implementar e que informou que o processo será acompanhado e organizado pelas secretarias.

Além disso, outro assunto debatido foi a atualização do Laudo utilizado pela administração para conceder o adicional de insalubridade. Sobre este ponto, o sindicato destacou que o documento tem 17 anos e, desde então, várias alterações no entendimento sobre os critérios de pagamento do adicional já aconteceram. “O ideal seria que a administração refizesse o laudo e adequasse os pagamentos. “Isso evitaria as diversas ações de insalubridade que são ajuizadas e ganhas pelo sindicato”, comenta.

O Sintrapp destaca que, em breve, buscará por mais uma reunião com a administração para cobrar e acompanhar o andamento da pauta apresentada durante a mesa de negociação. Acompanhe as novidades nas redes sociais do sindicato!

Autor: Itamar Batista